22 de julho de 2011

Run baby, run!!!!

O inverno logo logo já está acabando e surgem as primeiras neuras do movimento verão… ” tenho que emagrecer!” ” to flácida”, ” minha bunda ta c celulite” ” to barriguda” etc etce etc, as mulheres, e até mesmo os homens estão cada vez mais neuróticos em relação a sua aparência, o que não é legal muito menos saudável, assim, como ainda estamos em julho, e o frio não está dos piores, é hora de começar a se mexer e descobrir uma atividade que não só te faça suar e muitoooooo mas, que tb lhe dê prazer, aí vale tudo, dança, musculação, capoeira, tenis, squash, bike, padel, basket, voley, enfim, qq coisa, o que não pode é vc ficar parado e deixar para surtar de vez a beira do verão, ou seja nos últimos três meses antes de janeiro, Eu descobri a corrida e depois de dois longos meses parada volto esse fds com força totaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaallll, para dar uma estimulada tô pensando até em me inscrever numa prova, isso ajuda e torna tudo mais empolgante! Segue p vcs uma matéria bem legal do site Claudia! Boa leitura e ótima corrida!!! Run baby,  run!!!

“Benefícios da corrida

Shâmia Salem e Simone Ota / Fotos Fabio Heizenreder/Realização Noris Martinelli

Desde que a americana Kathrine Switzer participou disfarçada de homem da Maratona de Boston, nos Estados Unidos, em 1967, a corrida nunca mais foi a mesma: além de mostrar que as mulheres também têm força e resistência para percorrer 42 quilômetros, a corredora ajudou a criar provas específicas para o sexo feminino. Aos poucos, a moda chegou por aqui. Segundo dados da Corpore, entidade que organiza provas de rua no Brasil, desde 2003 são as mulheres que mais contribuem para o crescimento da modalidade – hoje elas preenchem 30% das inscrições. O Projeto Mulher, criado há oito anos, em São Paulo, pela nutricionista Heloísa Guarita e pela professora de educação física Cristina de Carvalho, é prova dessa grande demanda feminina pela modalidade. “Percebemos a necessidade de orientação específica para as mulheres que queriam correr e aprender a comer direito. Começamos com 15 e hoje são 150 participantes de diferentes faixas etárias”, conta Heloísa. Para quem acha que correr entre mulheres pode ser chato, a  especialista garante que não. “ Elas conversam, trocam experiências e se ajudam”, diz.

O que fazer antes de começar a correr

CHECK-UP
Antes de sair correndo por aí, é preciso avaliar a sua saúde com médicos especializados. “É fundamental fazer um check-up clínico, ortopédico, oftalmológico e até dentário, pois a presença de placa bacteriana, por exemplo, é capaz de afetar o rendimento”, afirma o treinador Wanderlei de Oliveira, da assessoria esportiva Run For Life e diretor da Federação Paulista de Atletismo, em São Paulo. Outros exames indispensáveis são avaliação física com eletrocardiograma de esforço, teste de capacidade aeróbica e de biomecânica, realizado em esteira para analisar o tipo de pisada.

AQUECIMENTO
É importantíssimo aquecer o corpo antes de começar a atividade. Faz parte desse ritual o alongamento, especialmente dos membros inferiores, o trote leve e os exercícios de amplitude, como passadas mais largas em um percurso plano e reto. Isso tudo deve ser feito de forma lenta e gradual para aumentar aos poucos a temperatura do organismo sem causar fadiga nem reduzir as reservas de energia. “De quebra, você ainda diminui os riscos de lesão e se prepara psicologicamente para todo o esforço que está por vir”, completa o Wanderlei de Oliveira.

Os mitos sobre a corrida

ENVELHECE
A dermatologista Andréia Mateus, coordenadora do departamento de cosmiatria da Sociedade Brasileira de Dermatologia, no Rio de Janeiro, esclarece: “Apenas o excesso de treino causa o que chamamos de lipodistrofia facial, que deixa o rosto flácido, alongado e abatido devido ao aumento da produção de radicais livres e à redução da gordura”.

CAUSA CELULITE
Pelo contrário. “A prática combate o aspecto de casca de laranja no bumbum e nas coxas, especialmente se for causado por problemas circulatórios, já que ativa de maneira intensa o fluxo sanguíneo e linfático”, diz Andréia.

DÁ VARIZES
Também não. Aliás, a melhora do retorno venoso ajuda a prevenir varizes. E mais: quem já tem o problema também está liberada para correr, sempre sob supervisão médica.

FAZ MAL AO JOELHO E À COLUNA
De acordo com o fisioterapeuta e osteopata Fábio An tonucci, da Academia Rio Sport, no Rio de Janeiro, o exercício só oferece perigo se for praticado sem orientação adequada, com tênis errado ou desgastado demais ou se a pessoa estiver muito acima do peso e apresentar problemas ósseos ou articulares.

A corrida faz bem para o corpo e para a mente

É UMA ATIVIDADE COMPLETA
Correr melhora a respiração, a circulação, tonifica os músculos, evita a perda óssea e fortalece o coração.

AUMENTA A DISPOSIÇÃO E REDUZ A TPM
“Recentemente descobriu-se que, além de endorfina, o cérebro libera outras substâncias capazes de gerar aquela sensação gostosa depois da corrida. Esse bem-estar reduz o impacto das atividades do cotidiano sobre o organismo e ameniza os sintomas da TPM”, afirma o fisiologista Luiz Augusto Riani, da Academia Bio Ritmo, em São Paulo.

COMBATE A DEPRESSÃO
Estudos feitos com pessoas que tomavam remédio e com outras que corriam cinco vezes por semana concluíram que os corredores tinham uma recuperação mais rápida e se sentiam dispostos, com mais energia. “Esse bem-estar e a queima de gordura persistem por algumas horas depois do treino”, garante Luiz Augusto.

Roupa ideal para correr

Boné
Fique com os modelos de aba longa, de tecido com filtro solar.

Óculos de sol
Escolha armações leves que ficam coladas ao rosto.

Top
O modelo ideal é cavado nas costas, para dar liberdade aos braços, e oferece boa sustentação aos seios. Deve ser de supplex, com forro interno, que facilita a evaporação do suor.

Short
Prefira os modelos com abertura lateral, para não dificultar o movimento das pernas. Melhor ainda se o tecido tiver elastano – a compressão diminui a vibração dos músculos, reduzindo a exaustão e a fadiga.

Tênis
Precisa ter um bom amortecedor. O impacto do peso corporal nas articulações é triplicado na reta e quadruplicado na descida. Confira também se o modelo é adequado ao seu tipo de pisada, para não prejudicar o alinhamento dos joelhos e da coluna, e se ele tem uma folga entre o bico e o seu dedão. Caso contrário, você pode ganhar bolhas e calos ou até perder unhas.

Meias
As próprias para corrida absorvem rapidamente o suor e oferecem proteção extra nos pontos de maior atrito.

Treino para iniciantes e intermediárias

A professora de educação física Cristina de Carvalho elaborou dois treinos exclusivos para CLAUDIA que podem ser praticados no parque, na esteira ou no calçadão da praia: um é indicado para quem quer começar a correr e o outro para quem já pratica e quer se aperfeiçoar. Em comum, os dois programas fortalecem o sistema cardiovascular, aumentam a resistência e exercitam a musculatura. “Para que o trabalho seja completo, é preciso associar aos treinos o fortalecimento muscular. Pode ser com aulas de trampolim, musculação, pilates ou ioga”, diz a especialista. “E o ideal é que o corpo descanse sábado e domingo.” A mudança de iniciante para intermediária deve ser feita quando você conseguir realizar os treinos de sexta-feira sem tomar fôlego. “Até lá são permitidas competições de 5 quilômetros, no máximo, desde que alterne corrida e caminhada durante todo o percurso. Quem tem bom condicionamento físico pode encarar uma prova de 10 quilômetros. Já a maratona exige preparo específico.”

Iniciantes

1ª semana 2ª semana 3ª semana 4ª semana
Segunda-Feira
10 minutos de caminhada + 4 de corrida e 2 de caminhada (oito vezes) + 10 minutos de caminhada 10 minutos de caminhada + 5 de corrida e 2 de caminhada (cinco vezes) + 10 minutos de caminhada 10 minutos de caminhada + 6 de corrida e 2 de caminhada (cinco vezes) + 10 minutos de caminhada 10 minutos de caminhada + 7 de corrida e 2 de caminhada (quatro vezes); + 10 minutos de caminhada
Terça-Feira
40 minutos de fortalecimento muscular 40 minutos de fortalecimento muscular 40 minutos de fortalecimento muscular 40 minutos de fortalecimento muscular
Quarta-Feira
10 minutos de caminhada + 2 de corrida e 3 de caminhada (duas vezes) + 5 minutos de caminhada + 2 de corrida e 3 de caminhada (duas vezes) + 10 minutos de caminhada 10 minutos de caminhada + 1 de corrida e 2 de caminhada (três vezes) + 5 minutos de caminhada + 1 de corrida e 2 de caminhada (três vezes) + 10 minutos de caminhada 10 minutos de caminhada + 1 de corrida e 1 de caminhada (quatro vezes) + 5 minutos de caminhada + 1 de corrida e 1 de caminhada (quatro vezes) + 10 minutos de caminhada 10 minutos de caminhada + 2 de corrida e 1 de caminhada (quatro vezes) + 5 minutos de caminhada + 2 de corrida e 1 de caminhada ( quatro vezes) + 10 minutos de caminhada
Quinta-Feira
40 minutos de fortalecimento muscular 40 minutos de fortalecimento muscular 40 minutos de fortalecimento muscular 40 minutos de fortalecimento muscular
Sexta-Feira
Corra até perder o fôlego, caminhe por 3 minutos e volte a correr até completar 1 hora de treino Corra até perder o fôlego, caminhe por 3 minutos e volte a correr até completar 1 hora de treino Corra até perder o fôlego, caminhe por 3 minutos e volte a correr até completar 1 hora de treino Corra até perder o fôlego, caminhe por 3 minutos e volte a correr até completar 1 hora de treino 
Beijos, Paty
Comentários  |  1
22 de julho de 2011

De volta depois de dois dias fora do ar… muitas novis!!!

Oi oi, depois de dois dias fora do ar por uma viagem a trabalho e por problemas cibernéticos volto a blogosfera com tuddddddo, tenho mil novidades para comentar… acho q esse mundo blogueiro me abriu uma outra percepção desse mundo em que habitamos … de fato foi uma viagem de trabalho mas, no tempo out office, aproveitei para garimpar, bisbilhotar, fotografar, experimentar, enfim, trazer para vcs um pouquinho de minhas experiências e percepções… aos poucos vou postando aqui tudo que absorvi nestes dias!! Estava com saudades …

Beijos, Paty
Comentários  |  0
19 de julho de 2011

Malas! Como não pirar com elas…

 

Como estou sempre para baixo e para cima, viajando a trabalho, tive que na marra aprender a me virar e arrumar uma mala sem estresse, me recordo que no início, com aquela neura feminina de levar várias opções, ia para uma viagem de três dias com um mala de 15, ou seja, coisa de gente loucaaaaa, hj estou melhor mais qdo viajo a lazer ainda dou umas derrapadas e acabo levando coisas que não uso e só fazem peso…enfim para ajudá-las e como já estou de malas prontas novamente rumo à bucólica Criciúma, no Sul de Santa Catarina, passo à vcs uma matéria até antiguinha mas, bem legal que baixei do site dicasdemulher! Aproveitem e que possamos, seja a trabalho, seja pelo simples prazer de viajar, arrumar muitttttttas malas!!!! Enjoy it!!

” Na hora de viajar, arrumar as malas pode ser uma tarefa bastante complicada para muitas mulheres. Afinal, quando é preciso escolher o que levar, tudo parece ser indispensável e surgem dúvidas sobre o que é prioridade, o que pode ser deixado de lado e como acomodar toda a bagagem. Mas você pode aprender alguns truques simples para escolher seus pertences e aproveitar ao máximo o espaço de sua mala de viagem.

Arrumando e organizando a mala de viagem

Escolha modelos de mala de viagem com formatos que permitem acomodar melhor suas coisas. Os modelos de malas de viagem com rodinhas são mais prático, pois são mais fáceis de transportar. É aconselhável ter sempre uma bagagem de mão para carregar coisas que você usa no dia-a-dia como, por exemplo, escova de dente, remédios, maquiagem, cosméticos e absorventes. Lembrando que líquidos de higiene pessoal (shampoos, cremes, desodorantes) devem ser embalados em sacos plásticos para não ocorrer vazamentos. Os equipamentos eletrônicos, documentos, passagens e outros objetos de valor também devem ir à mala de mão.

Uma dica para escolher as roupas, evite levar as de tecidos muito pesados e fáceis de amassar, para não ocupar muito espaço na mala. Prefira as roupas versáteis e de preferência básicas, que podem ser usadas tanto durante o dia como à noite.

Acomode os sapatos no fundo da mala, sempre embalados em saquinhos. Evite levar muitos tipos de sapatos iguais, leve apenas um modelo formal, um mais informal e uma sandália. Acima deles vão as calças. Para evitar que amassem, coloque sempre com as pernas para fora e só dobre em cima de tudo por último. Em seguida coloque paletós e casacos, virados do avesso, dobrados apenas uma vez. As saias e vestidos do mesmo jeito e camisetas e blusinhas, enroladas em cima.

Leve sempre uma sacola para colocar as roupas sujas, evitando misturar com as limpas As roupas íntimas e meias vão em saquinhos de tela e cintos, lenços, echarpes não fazem volume, por isso devem ser colocados nos vãos livres.

Leve poucos acessórios, mas que combinem com mais de uma peça e evite levar jóias de valor, opte por bijuterias. É sempre bom levar um kit costura para viagem junto por precaução. Personalize sua mala com algum adesivo ou fita colorida para que você a identifique facilmente. ”

Fonte: Alessandra Busko/2009.

Beijos, Paty
Comentários  |  0
Página 130 de 132« Primeira128129130131132