19 de junho de 2017

Dica astral: Sol entrando em Câncer e o Solstício de Inverno

Gosta de astrologia? Quer saber como se preparar para a entrada do Sol no signo de Câncer e o Solstício de Inverno? Confira as dicas super bacanas da astróloga top master das galáxias Teresa Maia.  

“A Entrada do Sol no signo de Câncer e o Solstício de Inverno em 2017

Dia 21 de Junho às 01hs25 o Sol ingressa em Câncer ocorrendo juntamente o Solstício de Inverno, no Hemisfério Sul. A entrada do Inverno marca o momento do mergulho interno.E nada melhor do que perceber tudo que existe de fragmentado em nós.

É tempo de matar os velhos hábitos, pensamentos, sentimentos e emoções que nos impedem de entrar em contato com o Ser Essencial que somos. Esse mergulho reforça a nossa conexão com a natureza, com os seres, os sinais do céu, da mãe terra, com o Todo.

Um portal se abre para o que há de melhor em nós eclodir, para percebermos que não evoluímos sozinhos, precisamos um do outro para nos reconhecermos e crescermos. Neste momento, o Sol inicia seu percurso por Câncer.

Fase de olhar para dentro, com doçura e cuidar da nossa criança interior, acolhendo e nutrindo todas as partes que estão carentes em nós.

Quarto signo do Zodíaco, Câncer tem a função de interiorizar o que se vive, registrando em sua vida o que aprendeu, acolhendo os seus iguais, e criando assim o conceito de tribo ou família. Câncer, é um signo do elemento Água, é a energia acolhedora, voltada para a nossa nutrição física e emocional.

Representa o instinto de proteção e gestará as sementes que plantamos, para que não rompa a terra, antes do tempo ou defeituosas.

A semente precisa estar cercada de cuidados para poder germinar na proteção do escuro, longe dos olhares e dos comentários, assim também são as nossas idéias. Por isso dizemos que quando um projeto está sendo gestado, é melhor guardar segredo, aguardando nascer e mostrar os seus primeiros frutos.

Essa é a natureza canceriana.

É um tempo de silêncio, sensibilidade, autoproteção e acolhimento.

É tempo de se mover de acordo com o instinto de proteção, mediante os sentimentos e emoções.

E de se ocupar com o futuro, mas sempre com um olho no passado.

Para liberar a criatividade em Câncer precisamos cortar o cordão umbilical que nos mantém presos ao carma familiar,abandonar o ventre seguro do lar e escolher nossa própria direção na vida.

Naturalmente há uma proteção criada por nós mesmos, como a casca do caranguejo, que nos impede de colaborar e nos relacionarmos com as outras pessoas. Vamos liberar essa casca? Pois pensamos que ela protege nos mantemos presos ao padrão do medo.

Medo de dar, de receber, de ficar sem, de ficar com… Enfim, todo e qualquer medo existente em nossas vidas.

Quando vivemos em harmonia com o Todo, sabemos que somos amados.

Que sempre está tudo certo, mesmo que não esteja tudo bem!

Aspectos no céu:

O Sol em conjunção a Mercúrio e Marte em Câncer e a Lua conjunção Vênus em Touro reforça a força dos nossos sentimentos e emoções, amplia e impulsiona o amor, a necessidade de cuidar e ser cuidado, de nutrir e acolher, de nos conectarmos tanto aos entes queridos quanto aos nossos sonhos e aspirações, mais facilmente, para que possamos realizá-los. Sensibilidade, cuidado e acolhimento são as palavras de ordem!   

O que se opõe ao descuido e ao descaso é o cuidado. Cuidar é mais que um ato; é uma atitude. Portanto, abrange mais que um momento de atenção. Representa uma atitude de ocupação, preocupação, de responsabilização e de envolvimento afetivo com o outro.”Leonardo Boff

 É tempo de aconchegar, de acolher e permitir ser acolhido, de nutrir e ser nutrido!!!Que haja sensibilidade, e ela comece por nós!  

Namastê (o meu Deus Interior saúda o seu Deus Interior)! “

Beijos, Paty
Comentários  |  0
25 de maio de 2017

Dia nacional da adoção, dia de amor!

Hi girls, dia 25 de maio é dia nacional da adoção, para mim, dia de amor. O SQUAD MAGAZINE  publicou um post super bacana com o passo a passo do processo de adoção segundo o CNJ – Conselho Nacional de Justiça, que vale a pena conferir para entender um pouco mais desse processo. No post também rolou um vídeo emocionante que vocês tem que conferir. No mais, se você não deseja adotar efetivamente mas, quer participar de alguma forma ajudando essas crianças, você pode ser  UM PADRINHO NOTA 10  e participar passeando com as crianças, ajudando no dia a dia e estando presente como uma padrinho faz na vida de seu afilhado.

A MARIE CLAIRE em homenagem ao dia também produziu uma linda matéria com depoimentos de pais adotivos e alguns famosos que escolheram se doar e adotar, bebês, crianças e adolescentes mostrando que filho é filho independentemente da forma como ele vem ao mundo.

A matéria TODA FORMA DE AMOR em parceria com o fotógrafo Gustavo Zylbersztajn  inclusive virou uma linda e sensível exposiçào dentro do bar e restaurante Seen, do Tivoli Mofarrej, em São Paulo. A exposição aberta ao público por duas semanas. Para vocês algumas dessas fotos lindas de viver.

Fotos:GustavoZylbersztajn

 

Beijos, Paty
Comentários  |  0
05 de maio de 2017

Paris para um por Jojo Moyes

“Com mais de 20 milhões de livros vendidos em todo o mundo, Jojo Moyes se consagrou autora de grandes romances. Arrebatadoras, emocionantes, repletas de personagens fortes e realistas, suas obras conquistaram legiões de fãs e alcançaram listas de mais vendidos em diversos países.

Nessa vibrante coletânea, o leitor poderá conhecer mais um lado da autora. Em histórias curtas e divertidas, Jojo, sem deixar de lado as personagens decididas que conquistaram o público, faz sua conhecida mágica de transformar situações comuns em eventos extraordinários.

No conto que dá título ao livro, a jovem Nell planeja um final de semana romântico em Paris com o namorado e fica sabendo, já na estação, que ele desistiu de acompanhá-la. Sozinha em um país estrangeiro, Nell descobre uma nova versão de si mesma, independente e corajosa.

Outros contos incluem um assalto a uma joalheria com uma reviravolta amorosa, a história de uma mulher que passa um dia inteiro com os sapatos de outra pessoa e um shopping lotado de pessoas fazendo compras de Natal que vai revelar a uma esposa estressada o que de fato importa na vida.

E em “Lua de mel em Paris”, que fecha a coletânea, Jojo Moyes brinda os leitores com um reencontro com as personagens do best-seller A garota que você deixou para trás, Liv e Sophie, que, separadas por algumas décadas, acreditam que o casamento é apenas o início de suas histórias de amor.

Dez pequenas amostras da saborosa escrita de Jojo Moyes, divertidas, autênticas e irresistíveis — você vai ler e se encantar.”

Eu li e amei, viajei com a Nell pelas ruelas de Paris, sabe aquela leitura leve, divertida e que te leva junto?? Assim é Paris para um. Para quem ainda não sabe,  Jojo Moyes nasceu em 1969 e cresceu em Londres. Estudou jornalismo e foi correspondente do jornal The Independent por 10 anos. Publicou seu primeiro livro em 2002, e desde então dedica-se integralmente à carreira de escritora.

Imagem e texto em aspas: reprodução

Beijos, Paty
Comentários  |  0
Página 1 de 13112345Última »