28 de março de 2014

Wine and drink for girls: filmes

Girls, hoje na WINE trago para vcs uma coletânea de filmes que de uma maneira ou de outra tratam do mundo do vinho. Os meus preferidos são O JULGAMENTO DE PARIS que relata a ascensão dos vinhos californianos frente aos franceses e o UM BOM ANO, com Russel Crowe que tem como pano de fundo a história de uma vínicola e de um vinho super topppp que é produzido no terroir. SIDEWAYS particularmente não achei isso tudo, mas, de qualquer forma vale a pena ver e MONDOVINO é um documentário bem interessante que super curti apesar de não ter a pegada de um filme, um romance ou uma comédia.  Vejam e me digam, acho que o JULGAMENTO DE PARIS será o preferido de vcs pelo enredo e pelas belíssimas paisagens de Napa Valley!

image

image

image

image

Beijos, Paty
Comentários  |  0
06 de março de 2014

Wine and drinks for girls: vocabulário básico.

Girls, para entender um pouco mais sobre o mundo dos vinhos é legal dominar alguns itens básicos do vocabulário deste universo. Não precisamos ser enochatas (rss) mas, algumas palavras, conceitos e detalhes uma vez dominados, tornam qualquer compra ou degustação mais interessante. Então meninas, vamos lá, para vcs, no WINE AND DRINKS de hoje, a primeira parte do vocabulário básico de qualquer iniciante neste universo enogastronômico.

taste-like-wine-wordle

Vocabulário

* Acidez: sensação de frescor provocada pelos ácidos do vinho.  Por exemplo, um vinho branco, vc bebe e logo saliva em razão da acidez, com um vinho tinto geralmente isso não ocorre;

* Alcóolico: teor de álcool do vinho, geralmente quando falamos que o vinho é alcóolico, ele tem um teor de álcool acima de 13%;

* Aroma: nunca diga cheiro, aroma é aroma, não cheiro! Quando falamos em vinho, falamos em aromas, odores e bouquet, jamais em cheiro. É over falar que o tal vinho tem cheiro de frutas vermelhas. São aromas.

* Assemblage: mistura de uvas, por exemplo um vinho Malbec/Merlot é um assemblage por exemplo;

* Castas: são as uvas. Alguns exemplos: malbec, merlot, pinot noir, pinotage, cabernet sauvignon, torrontés, carmenere, sauvignon blanc, dentre outras.

* Decanter: recipiente de vidro usado para decantar e arejar vinhos que precisam “respirar”antes de serem apreciados, geralmente usamos o decanter em vinhos envelhecidos;

* Oxidado: quando o vinho perde o timing de degustação, geralmente visualizamos uma cor diversa na tonalidade natural daquele vinho, este passa a ter um sabor desagradável;

* Tânico: vinhos que secam a boca em razão do excesso de tanino. Por exemplo, um vinho tânico, da casta tannat;

*Terroir: uma das palavras mais importantes no universo do vinho. Ela resume o solo, o microclima e o ecossistema que vão originar o vinho. São os locais em que as uvas são produzidas, sob que tipo de clima e em que tipo de solo, é a essência do vinho, o terroir, define parte da qualidade do vinho já que nele as uvas vão ou não se desenvolver da maneira adequada.

Aos pouquinhos vou trazendo para vcs outros itens e palavras desse universo, bisou!!!

Beijos, Paty
Comentários  |  0
22 de fevereiro de 2014

Wine and drinks for girls: degustação de vinhos.

9829_634360293268558_459943436_n

Hi girls, na quinta rolou uma degustação de vinhos chilenos, super legal, na churrascaria Poial Tropeiro, organizada pela Adega di Bacco. O evento estava lotadooooo,  um burburinho só em torno das quatro mesas de degustação. Adoro participar de degustações, elas nos propiciam conhecer vários vinhos de uma forma leve ( já que não temos q beber várias taças mas, apenas provar), didática e no final das contas, divertida já que nas mesas encontramos de tudo um pouco, os enochatos (rs), os curiosos,  os que vêem o vinho como uma forma de conhecer um pouco da história do lugar onde são produzidos (winetravellers), os que bebem sem nada entender, etc etc etc. Várias regiões estavam expostas mas, os vinhos chilenos eram as estrelas da noite. Em todas as ilhas de degustação podíamos apreciar os vinhos brancos, rosés e tintos.Como estava um dia quente dei preferência aos vinhos brancos e rosés. Experimentei apenas dois tintos e um deles, sinceramente, preferia não ter experimentado mas, faz parte. Degustação é exatamente isso aí, é a prova cega, sem preconceitos. Para aquelas que ainda não participaram deste tipo de evento, algumas dicas. Se não houver o que beliscar, tipo uma torradinha, uma canapé, se alimente antes para não sofrer as consequências depois; entre as provas de vinho, beba muita água, muita mesmo; marque com uma estrelinha ou algum outro sinal os seus vinhos top top para que depois vc possa com calma ler e entender um pouco mais sobre ele; estude ou busque algo sobre a região dos vinhos que serão degustados assim o papo com o enólogo ou o expositor pode ficar mais interessante e instrutivo, vá táxi para garantir a sua segurança e a dos outros e por fim, divirta-se afinal, beber um vinho deve ser sempre um motivo de alegria e confraternização. Os meus preferidos da noite foram: Casa Viva Pinot Noir, do produtor Casa del Bosque; Los Haroldos, Malbec, Rosé, do produtor Los Haroldos; Chungará, Chardonnay 2009, do produtor Viña San Vicente, que inclusive trouxe um de seus enólogos para o evento e Farmus Chardonnay Reserva, do  produtor Farmus.Para vcs, alguns flashes do evento. Bisou!! Para quem ainda não conhece, a Adega di Bacco, vale a pena, é uma super loja, com várias opções de vinhos, espumantes, cavas, iscas, chocolatinhos, licores, etc etc etc. Ela fica na Rua Otto Boehm, nº, 682, telefone:30392888. O Mario (proprietário) e as meninas, terão o maior prazer em atendê-los. 

imageimageimageimage

Beijos, Paty
Comentários  |  0
Página 5 de 6« Primeira23456