20 de julho de 2014

Adega Di Bacco, muito mais que uma adega! #wineanddrinksforgirls

Hi girls,  hoje quero falar para vcs de um lugar bem bacanudo aqui de Joinville, a Adega Di Bacco, uma super adega que hoje além de vinhos dos principais produtores do mundo com preços justos, tem uma delicatessen super variada, cheia de gostosuras, petisquinhos e temperinhos, pastas e tudo mais que vocês possam imaginar! A parte de aperitivos e a de chocolates está de enlouquecer qualquer um. Outro ponto que faz a Adega Di Bacco muito mais que uma adega é o atendimento. O Mario e as meninas em especial a Carol além de nos atenderem super bem nos deixando a vontade para perambular e literalmente desfrutar da loja, dão dicas super valiosas e interessantes de vinhos, enogastronomia, harmonizações etc etc etc.É muito legal estar em um lugar e ficar a vontade para perguntar, tirar dúvidas, pedir dicas sem qualquer receio de ser mal antendida, acho que isso somado hoje a diversidade de itens fazem da Adega Di Bacco não só um adega mais um convite profundo, prazeroso, leve e divertido ao mundo do vinho e tudo que é relacionado a ele. Foi indo lá com Charles que passei a curtir e me interessar ainda mais pelo mundo do vinho. Joinville ganhou muito com a ampliação da Adega Di Bacco que saiu de uma lojinha na Rua Blumenau e hoje está enorme e super convidativa, com estacionamento e fácil acesso na Rua Otto Boehm. Para vcs algumas fotos que tirei na sexta-feira quando estive lá para comprar umas delicinhas para esse fds! Espero que vcs curtam, prometo fotos melhores da próxima vez, essas foram tiradas pelo celular! Beijocas queridonas! Ficas para vcs essa super dica! Tenho certeza que vcs vão curtir muito uma visita na Adega Di Bacco, fica a dica!! Segue o endereço e telefone certinhos para vcs: Rua Otto Boehm, n 682, tel: 3439-2888 eles tb tem a fanpage Adega Di Bacco lá sempre tem as ofertas e novidades!!

imageimageimageimageimageimageimageimageimageimage

Beijos, Paty
Comentários  |  2
15 de julho de 2014

3 brasileiros entre os 100 melhores vinhos do mundo! #wine and drink for girls

Hi girls, hoje queria trazer uma notícia quentinha para vcs do universo dos vinhos, mais precisamente, dos vinhos brasileiros. Então, não necessariamente um vinho para ser bom precisa ser caro prova disso é que recentemente 3 vinhos brasileiros que giram entre R$ 25,00 e R$ 30,00 estão classificados em uma lista que traz os 100 melhores vinhos do mundo. Essa lista é feita pela Associação Mundial de Jornalistas e Escritores de Vinhos e Licores e é elaborada com base nos resultados de concursos nacionais, análise de Sociedades Vitivinícolas e dos vinhos de cada país. Foram avaliadas 650 mil bebidas e destas, 100 são escolhidas como as melhores do mundo. Já sabíamos, acho que já comentei aqui com vocês que o Brasil tem se destacado na produção de espumantes e neste ranking dois dos 3 classificados são espumantes produzidos aqui no Sul. Para vcs, os eleitos. Eu, particularmente acho o Moscatel um pouco doce demais mas, se formos considerar as características desse tipo de vinho, o Aurora realmente se destaca. O Garibaldi tomei há alguns anos quando visitei a região e sinceramente não me lembro. Só como curiosidade o  champanhe Charles Heidsieck Blanc des Millénaires, safra de 1995, foi eleito o melhor do mundo pelo ranking e hoje gira em média de 250 reais e 350 reais, além das taxas de importação. E vcs, o que acharam dos brasileiros eleitos, já beberam algum deles?? Se negativo, vale a pena para conhecer.  ( Imagens:reprodução/revistaexame)

 

 

O Aurora Espumante Moscatel, que conquistou o 56º lugar, custa 24,21 reais no site Vinhos e Vinhos

 

O Aurora Espumante Moscatel, que conquistou o 56º lugar, custa 24,21 reais

No 65º lugar, o rótulo Aurora Reserva Merlot 2011 sai por 29,85 no site do Pão de Açúcar.

No 65º lugar, o rótulo Aurora Reserva Merlot 2011 sai por 29,85

 

 Garibaldi Espumante Moscatel, que figura no 97º lugar do ranking, é produzido pela Cooperativa Vinícola Garibaldi e é encontrado por 22,51 reais no site Vinhos e Vinhos

 

Garibaldi Espumante Moscatel, que figura no 97º lugar do ranking, custa 22,51 reais

Beijos, Paty
Comentários  |  0
10 de julho de 2014

Veuve Clicquot… curiosidades e muito mais…#wine and drink for girls

Hi girls,  hoje na categoria wine and drinks for girls quero trazer para vocês um pouco da história da Maison Veuve Clicquot!! A história da Veuve não se resume a apenas um case de sucesso de um dos mais conhecidos champagnes do mundo, tem muito mais curiosidades e detalhes interessantes por trás dessa potência no universo das borbulhas. Para quem não sabe, a história da Veuve Clicquot se iniciou com uma desgraça. Casada com um fabricante de vinhos que aos poucos vinha se firmando na região de Reims, a francesa Barbe-Nicole Clicquot, que até então era uma dona de casa com uma filha bebê sem maiores pretensões, viu a sua vida virar de pernas para o ar quando o seu marido faleceu por febre tifoide. Como não tinha outra forma de sobreviver, mesmo sem entender de negócios, apenas seguindo os seus instintos, a então jovem viúva arregaçou as mangas e assumiu a vinícola da família passando a defendê-la com unhas e dentes. Li há alguns anos atrás o livro que conta da história da viúva Clicquot e ali o autor, Tilar Mazzeo, a caracterizava como um buldogue na defesa de seu território, rss.  Fato é, ela fez da pequena vinícola uma referência isso porque, aos poucos, com os seus vinhos delicados e borbulhantes Barbe foi ganhando o mundo. Em pouco tempo ela se tornou uma das mulheres mais influentes e ricas de seu tempo. Ela além de fundadora de um império no reino das borbulhas virou uma referência, principalmente feminina, quando tratamos de marketing, qualidade de produtos e empreendedorismo. Dizem que ela detinha todo o controle da operação e cuidava de todos os detalhes pessoalmente usando e abusando de sua intuição.

File:Veuve Clicquot Ponsardin (logo).jpg

 

Outra curiosidade legal é que foi a Barbe que inventou o riddling rack (inclinação gradual das garrafas até a vertical), que permitia o dégorgement (degolação, eliminação) de restos de levedura e sedimentos do vinho num processo de purificação da bebida, produzindo o champanhe tal como se conhece hoje. Barbe-Nicole morreu em 29 de julho de 1866, aos 89 anos, em seu castelo em Boursault, vale do Marne sem nunca ter se casado.   Ela certamente mudou o cenário dos negócios na França e no mundo e como mulher e empreendedora deixou várias dicas para nós, um viva para Barbe, a Veuve Clicquot, pela sua audácia, coragem, persistência!!  Abaixo algumas lições da Barbe que são super úteis até hoje.

0,,35855960,00

Por fim, outra curiosidade interessante sobre a Veuve Clicquot, a Maison recentemente noticiou a sua primeira Cave submarina. Foram mergulhadas  350 garrafas de Champagne no Mar Báltico. A idéia é testar a evolução do Champagne em condições submarinas já que em 2010 foram encontradas 46 garrafas de Veuve Clicquot nos restos de um navio naufragado no Mar Báltico, entre Finlândia e Suécia, do primeiro terço do século XIX e, de acordo com o chef de cave Dominique Demarville, o Champagne estava incrivelmente fresco e jovem. Por isso, a idéia da Cave Submarina. No lote atual que ficará submerso estão 100 garrafas de Veuve Clicquot Yellow Label (Brut), 100 de demi-sec, 100 de Vintage Rosé 2004 e 50 garrafas magnum (1,5 litros) de Yellow Label brut. Um lote idêntico repousa nas caves da Veuve Clicquot pois a ideia é comparar como os Champagne evoluem nestas condições de temperatura, pressão e ausência de oxigênio pelos próximos 50 anos. Super interessante não acham?? Certamente a Barbe estaria orgulhosa dos seus gestores com mais essa inovação. Testes com vinhos armazenados sob o mar não são novidades. Champagne Cristal, o Château Larrivet Haut-Brion, a vinícola chilena Ribera del Lago também submetem seus vinhos a estas condições.

 

Fotos/imagens:reprodução

Beijos, Paty
Comentários  |  1
Página 3 de 612345Última »