22 de julho de 2011

E viva a gastronomia!!

Santa Catarina está respirando gastronomia neste mês de julho, estamos com diversas festas típicas, vários festivais de gastronomia fervilhando em várias cidades… Joinville, Blumenau, nas praias, enfim, uma loucura. Para mim a gastronimia tem vários significados, é prazer, é experiência, é descoberta, é saúde, equilibrio,  enfim um misto de coisas agradáveis.Amo bisbilhotar novos utensílios de cozinha, experimentar novos pratos,comprar livros, ver programas de tv, inventar umas coisas diferentes, receber os amigos em casa para compartilhar um bom prato enfim, considero uma curtição total.  Nos primeiros posts passei receitas de fondant e de sandubas e sucos light, hj, passo algo mais elaborado, já fiz esse prato em um jantar aqui em casa e foi adesão total, todossss gostaram, por isso, replico à vcs!! É  uma opção leve e ao mesmo tempo saborosa, para mim esse prato representa um pouco do que eu entendo por  gastronomia: o prazer de misturar, experimentar e se apaixonar!

” Ratattouile

Para duas a três porções bem servidas, você vai precisar de:

– 1 berinjela
– 1 abobrinha
– 1 tomate sem pele e sem sementes
– 1 pimentão vermelho
– 1 cebola
– 1 dente de alho
– 50 ml (aproximadamente) de azeite extra-virgem
– Sal e pimenta a gosto
– Temperos variados: folhas de tomilho fresco, manjericão, salsinha, cebolinha. Ou “ervas de provence” frescas, que você encontra em pacotinhos prontos no supermercado, para manter a receita tradicional.

Fatie os legumes em tiras grossas. Os tomates e as cebolas podem ser cortados em quatro. O alho, apenas ao meio. Leve cada tipo de legume para grelhar de cada vez (não coloque todos juntos), pois cada um tem um ponto certo de cozimento. Procure deixar todos “al dente”, o ponto em que você sente uma certa resistência ao morder, mas o alimento já está cozido e macio.

Após os legumes grelhados, corte todos em cubos de mesmo tamanho, exceto o alho, que deve ser picado em tamanho bem pequeno, quase amassado, para se “perder” no tempero. Misture-os e tempere com sal, azeite e os temperos frescos. Deixe-os “descansar” por meia hora, para que todos os temperos se agreguem aos legumes.

A melhor opção é servi-lo em temperatura ambiente, mas pode também ser quente ou frio (nunca gelado). O ratatouille se conserva bem em geladeira por alguns dias. Acompanha bem qualquer carne e é uma excelente alternativa para substituir os acompanhamentos mais calóricos.

*Receita originalmente publicada no blog Centauro Mulher.

Beijos, Paty
Comentários  |  0
19 de julho de 2011

Para dar uma força no shape…. sandubas light!

 

Como nem todo mundo tem o dom da gastronomia, vai umas receitinhas tiradas do GNT, programa Perdas e Ganhos da fofa Cynthia Howlet para dar uma forcinha na manutenção do shape… e vamos em busca do verão 2012, projeto verão sem canga!!!!

Cinco receitas de sanduíches light para comer sem culpa:Sanduba 1
2 fatias de pão
integral
Pastinha com: 1 colher de sopa de requeijão + 1 colher de sopa de
ricota + umas 8 alcaparras + 1 colher de cenoura ralada
1 rodela grande de
tomate caqui
2 fatias de lombo defumado
1 fatia de muzzarela
normal
Rúcula

Sanduba 2
1 pão sírio dobrado ao
meio com o seguinte recheio:
4 tomates cereja cortados ao meio
1 colher de
sopa de cream cheese misturado com 1 colher de sopa de passas
5 folhas de
manjericão
1 fatia de peito de peru
2 fatias finas de queijo
branco
Alface americana em tiras

Sanduba 3
1
ciabatta médio (40-50g)
1 rodela grande de tomate caqui
1 colher de sopa
de requeijão
2 damascos picadinhos, grudados no requeijão
1 fatia de
muzzarela
1 fatia de presunto de parma
Rúcula e alface americana
misturadas

Sanduba 4
2 fatias de pão
integral
Creminho com: ½ lata atum na água amassado com 1 colher de ricota ou
½ de requeijao
3 colheres de cenoura ralada
2 rodelas de
tomate
Rúcula

Sanduba 5
1 pão sírio
2 palmitos
em rodelas finas
1 colher de sopa de cream cheese
1 colher de passas
2
damascos picados
1 colher de sobremesa de alcaparras sem a água
1 fatia
grossa de queijo branco + bastante alface americana cortada em tirinhas

Beijos, Paty
Comentários  |  1
18 de julho de 2011

Another passion….chocolate!

Como chocólatra assumidíssima que sou, não poderia deixar de nos primeiros posts trazer um pecadinho básico para dar aquela despressurizada para uma segunda-feira com uma reuniãozinha comercial básica! Detalhe melhor, receita testada e devidamente aprovadaaaaaa!! Delicious!

Fondant de chocolate
Receita do chef Dudu Borger, do Le French Bazar, em São Paulo, SP
Rendimento: 20 porções

Ingredientes:
1,250kg de chocolate em barra meio amargo
500g de manteiga sem sal
3 xícaras (chá) e ½ de açúcar
1 xícara (chá) e ¾ de farinha
2 colheres (sopa) de baunilha
8 ovos
4 gemas
1 pitada de sal
Raspas de chocolate a gosto

Modo de preparo
Derreta a manteiga e chocolate em um banho-maria e deixe esfriar um pouco; reserve. Bata o açúcar, a gema, o ovo e a baunilha até formar um creme. Incorpore a mistura de chocolate e manteiga ao creme. Acrescente a farinha e o sal aos poucos, e misture sem bater. Asse em forno a 170°C por 25 minutos, nos potinhos onde irá servir. Deixe esfriar e rerserve na geladeira. Na hora de servir, aqueça no forno, coberto com papel alumínio, ou no microondas. Cubra com raspas de chocolate.

Beijos, Paty
Comentários  |  0
Página 48 de 48« Primeira4445464748