20 de julho de 2017

Dicas para uma pele linda e saudável!

Hi girls, todo mês vamos ter por aqui uma coluna da minha dermato lindaaa de viver Dra. Milena Zanella, da Clínica Azulay & Zanella ou do Dr. Vitor Azulay, dando dicas super bacanas de cuidados para pele, tratamentos, produtinhos etc etc. Abrindo os trabalhos, hoje ela vai dar dicas de cuidados básicos que devemos ter para ter uma pele linda e saudável. Espero que vcs curtam!! Bisou, bisou!!

DICAS DE OURO PARA UMA PELE BONITA E SAUDÁVEL

Nossa pele é um dos “cartões de visita” do nosso corpo, portanto, os cuidados com ela não podem passar batidos. Para cada tipo de pele existem cuidados específicos, por isso, é muito importante consultar um dermatologista para que o mesmo identifique qual é o seu tipo de pele e indique quais cuidados e produtos são mais adequados para o seu caso.

Os tipos de pele podem ser divididos em Seca, Oleosa, Mista e Sensível. Para todos esses existem cuidados básicos e essenciais, que ao serem seguidos, garantem uma pele uniforme, firme, e claro, saudável.

O ritual básico e de ouro é: limpar, tonificar, hidratar e aplicar filtro solar. Todos os tipos de pele, sem exceção, devem seguir esses 4 itens à risca, mantendo a frequência dos cuidados até que vire parte da sua rotina diária de vida.

Mas tome cuidado! Cada tipo de pele exige um tipo de produto, pois não é qualquer produto que funcionará em qualquer pele.

Aqui vão algumas dicas de como proceder.

PELE SECA

Cuidado com banho muito quente! A água quente tira a camada de hidratação natural da pele, então o mais indicado é pegar mais leve na limpeza e caprichar na hidratação.

Águas termais, óleos de banho a base de vitamina E, óleos de amêndoas e hidratantes em pomada são bem vindos. Evite sabonetes esfoliantes e que contenham ácido salicílico.

PELE OLEOSA

É muito comum nesse tipo de pele o uso de produtos que tiram a oleosidade mas que acabam desidratando a pele. O ideal é usar cosméticos que diminuam o excesso de gordura da pele sem ressecar, como microesferas matificantes que “enxugarão” a gordura e neutralizarão o brilho da pele por mais tempo.

Podem ser utilizados também sabonetes a base de ácido salicílico, hidratantes oil free e maquiagens com acabamento mate. Evite usar cremes a base de mel, própolis e outros pesados.

PELE MISTA

Esse tipo de pele precisa de produtos combinados, pois na zona “T” (testa, nariz e queixo) se encontra a oleosidade e nas demais regiões a pela é de normal a seca. O ideal é usar produtos com ação dupla para que controle o brilho, mas também hidrate onde está seco. Este tipo de pele demanda lavagem duas vezes ao dia (manhã e noite) com gel ou mousse.

Use tônicos adstringentes, loções com ácido hialurônico, bases de acabamento mate e protetor solar oil free. Evite cremes pesados na zona “T” e sabonetes com muita espuma.

PELE SENSÍVEL

A pele sensível sofre com temperaturas altas e baixas, vento forte, poluição e uma série de outros agravantes.

Neste tipo de pele o indicado é usar água termal, gel de limpeza próprio com pouco sabão ou detergentes, hidratantes com aloe vera e produtos que contenham um pouco de vitamina C. Evite produtos que contenham álcool, uréia e esfoliantes.

IMPORTANTE!

Antes de começar a utilizar qualquer produto, procure um dermatologista.

Esse texto é de autoria da Clínica Azulay & Zanella Dermatologia. Mais informações, acessem as redes sociais! Facebook: Azulay E Zanella dermatologia; Instagram:@clinicaazulayezanella | @dr.vitorazulay | @dra.milenazanella

Beijos, Paty
Comentários  |  0
05 de maio de 2017

Yoga, porque praticar?

Hi girls, tenho estado bem curiosa a respeito da prática do Yoga e como tenho uma amiga, a Camila,  que é instrutora, pedi que ela redigisse para nós um texto vapt-vupt sobre essa ciência.

“O YOGA é uma ciência muito antiga da Índia, e significa unir, integrar.

Como ciência milenar que é, o Yoga pode despertar a pessoa para uma nova vida na qual a coerência entre aquilo que se pensa, sente, fala e faz, passa a ser possível.

Fato é, cada vez mais se ouve falar sobre o Yoga e dos resultados que as pessoas têm obtido com a prática. Mas, seria a Yoga uma seita? Uma religião? Preciso ser super zen para praticar? Será que é uma ginástica quase acrobática? Preciso ficar horas de olhos fechados? Essas perguntas, acreditem, são super comuns.

Não é uma religião mas, a prática se propõe a te colocar em contato com a sua espiritualidade. Sabe aquela sensação de alegria sem motivo ou também descrita com uma paz interior? Capacidade de se viver sem ansiedade ou depressão? Mantendo-se equilibrado mesmo nos momentos mais difíceis? Isso faz parte do chamado estado de yoga.

Dentre as escolas clássicas do Yoga temos o Hatha Yoga, Kundalini Yoga, Raja Yoga dentre outras. Muda-se apenas a forma de se praticar mas, todas objetivam o mesmo fim: proporcionar a capacidade de se tornar um ser humano saudável e feliz.

Cada pessoa, ao praticar, poderá sentir qual a linhagem que mais lhe satisfaz. A diferença na vida de cada um será sentida individualmente.

Eu sou adepta do Kundalini Yoga e na nosso prática propagamos e divulgamos que revitaliza o sistema endócrino, fortalece o sistema nervoso e nutre o sistema imunológico, de modo que esses sistemas em harmonia proporcionam a qualidade de transformação física, mental e emocional esperadas.

Para vocês alguns dos benefícios da prática, como adepta e instrutora afirmo, vale a pena experimentar, viver a experiência.

1) Flexibilidade, tônus muscular e melhora na postura;
2) Descompressão do sistema que reage ao estresse, tratando a fadiga, depressão e ansiedade;
3) Melhora a habilidade de comunicação e nas relações interpessoais;
4) Ajuda a manter o foco durante as atividades, melhorando desempenho
cognitivo;
5) Desenvolve a percepção sutil, a intuição;
6) Promove a projeção e proteção da personalidade.”

 

Imagem: reprodução. Texto em aspas de autoria de Camila Gessner, instrutora de yoga, praticante do yoga na montanha, adepta de prática naturais, autora do site www.anahat.com.br.

Beijos, Paty
Comentários  |  0
22 de setembro de 2016

Bolinho de banana sem glúten e sem açúcar vapt-vupt

ingredientes-bolo-de-banana-facil

Girls, fim de semana chegando e bate aquela vontadinha de comer uma coisinha diferente e mais docinha!! Para evitar cair em tentação e não furar a dieta, resolvi trazer para vcs um bolinho de banana sem glúten, sem açúcar e sem lactose delíciaaa e vapt-vupt da Chef Susan Martha, do blog AMOR PELA COMIDA (já falei dele por aqui, do livro de Susan, das receitinhas, do canal, enfim, é só jogar na busca do blog ou ir direto no blog dela que vcs acham vários conteúdos bacana, ok??). Eu já fiz esse bolinho e digo uma coisa, ele quentinho com um cafézinho é dos deusesssss, então para matar aquela vontade lombriguete ( o mix banana e canela mata a vontade do açúcar, podem acreditar) e acalmar o coração, um bolinho maravilindo, bem rapidinho para vcs de BANANA, sem glúten, sem açúcar e sem lactose!!

INGREDIENTES:

  • 2 bananas bem maduras
  • 2 ovos de preferência caipiras
  • 3 c de sopa de farinha de coco ou farinha de aveia
  • 1 c de sopa de amido de milho, polvilho doce, araruta ou fécula de batata (este ingrediente é opcional, mas deixa o bolo mais fofinho)
  • 2 c de sopa de passas polvilhadas com um pouco de amido de milho (substitua por damasco, tâmaras ou ameixa picada)
  • 1 c de chá de fermento em pó
  • 1 c de chá de canela em pó (este ingrediente é opcional, se preferir substitua por erva doce ou pimenta síria)

MODO DE PREPARO:

  • Esta receita é muito rápida, então a primeira coisa que você deve fazer antes mesmo de separar os ingredientes é ligar o forno para pré-aquecer na temperatura de 180º C.
  • Em uma bacia coloque as duas bananas e esmague com um garfo até que vire um purê ainda com alguns pedaços de banana.
  • Adicione os ovos e mexa até incorporar nas bananas.

bolo de banana feito à mão

  • Coloque a farinha de coco e misture bem a massa.
  • Adicione o amido de milho e mexa bem.

bolo de banana feito à mão sem glúten e sem lactose

  • Coloque as passas polvilhadas ou a fruta seca da sua preferência.

bolo de banana com passas sem glúten e sem lactose

  • Unte forminhas de silicone com um pouco de óleo vegetal.

forma silicone

  • Finalize a massa com o fermento e a canela mexendo rapidamente apenas para incorporar os ingredientes na massa.
  • Com uma colher coloque a massa dentro das forminhas.

bolo de banana com passas sem glúten e sem lactose - amorpelacomida

  • Leve para assar em forno aquecido por aproximadamente 20 minutos ou até que você espete um palito e ele saia limpo.
  • Depois de assados coloque sobre uma grade para esfriar. Depois de frios armazene em um pote ou saco plástico por até 3 ou 4 dias fora da geladeira.

bolo de banana com passas sem glúten e sem lactose - amor pela comida

Fotos e receita: reprodução( http://www.amorpelacomida.com.br/bolo-de-banana-saudavel-sem-acucar-sem-gluten-e-sem-lactose/)

Beijos, Paty
Comentários  |  1
Página 1 de 212