05 de Maio de 2017

Yoga, porque praticar?

Hi girls, tenho estado bem curiosa a respeito da prática do Yoga e como tenho uma amiga, a Camila,  que é instrutora, pedi que ela redigisse para nós um texto vapt-vupt sobre essa ciência.

“O YOGA é uma ciência muito antiga da Índia, e significa unir, integrar.

Como ciência milenar que é, o Yoga pode despertar a pessoa para uma nova vida na qual a coerência entre aquilo que se pensa, sente, fala e faz, passa a ser possível.

Fato é, cada vez mais se ouve falar sobre o Yoga e dos resultados que as pessoas têm obtido com a prática. Mas, seria a Yoga uma seita? Uma religião? Preciso ser super zen para praticar? Será que é uma ginástica quase acrobática? Preciso ficar horas de olhos fechados? Essas perguntas, acreditem, são super comuns.

Não é uma religião mas, a prática se propõe a te colocar em contato com a sua espiritualidade. Sabe aquela sensação de alegria sem motivo ou também descrita com uma paz interior? Capacidade de se viver sem ansiedade ou depressão? Mantendo-se equilibrado mesmo nos momentos mais difíceis? Isso faz parte do chamado estado de yoga.

Dentre as escolas clássicas do Yoga temos o Hatha Yoga, Kundalini Yoga, Raja Yoga dentre outras. Muda-se apenas a forma de se praticar mas, todas objetivam o mesmo fim: proporcionar a capacidade de se tornar um ser humano saudável e feliz.

Cada pessoa, ao praticar, poderá sentir qual a linhagem que mais lhe satisfaz. A diferença na vida de cada um será sentida individualmente.

Eu sou adepta do Kundalini Yoga e na nosso prática propagamos e divulgamos que revitaliza o sistema endócrino, fortalece o sistema nervoso e nutre o sistema imunológico, de modo que esses sistemas em harmonia proporcionam a qualidade de transformação física, mental e emocional esperadas.

Para vocês alguns dos benefícios da prática, como adepta e instrutora afirmo, vale a pena experimentar, viver a experiência.

1) Flexibilidade, tônus muscular e melhora na postura;
2) Descompressão do sistema que reage ao estresse, tratando a fadiga, depressão e ansiedade;
3) Melhora a habilidade de comunicação e nas relações interpessoais;
4) Ajuda a manter o foco durante as atividades, melhorando desempenho
cognitivo;
5) Desenvolve a percepção sutil, a intuição;
6) Promove a projeção e proteção da personalidade.”

 

Imagem: reprodução. Texto em aspas de autoria de Camila Gessner, instrutora de yoga, praticante do yoga na montanha, adepta de prática naturais, autora do site www.anahat.com.br.

Beijos, Paty
Comentários  |  0
Deixe um comentário